Seminário Desporto na Europa: Media e Identidade

  • 9 de Maio | DIA DA EUROPA 2017
  • Auditório U.0.8 ULHT | Campo Grande, 388

Nas sociedades contemporâneas globalizadas, o desporto, em particular o futebol, tornou-se um meio de excelência na construção de identidades. A forte mediatização dos campeonatos nacionais e competições europeias ou continentais tem contribuído para o reforço do sentido de pertença a comunidades, cidades, regiões, Estados-nação ou Continentes. O Seminário “Desporto na Europa: Media e Identidade” visa justamente aprofundar esta realidade, na data em que se comemora o Dia da Europa.

O evento, organizado pelo CPES – Centro de Pesquisa e Estudos Sociais, com a parceria do CICANT e do CICPRIS, centros de investigação da ULHT, e o GT Jovens Investigadores da SOPCOM – Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação, realiza-se no dia 9 de Maio de 2017, no auditório U.0.8, Edifício U do Campus da ULHT ao Campo Grande.

Na Sessão I, o workshop “Media e Desporto: Abordagens e Metodologias de Investigação” tem a participação e coordenação de Daniel Cruzeiro, Professor de Jornalismo Desportivo da ECATI-ULHT, e investigador do CIC-DIGITAL-Polo CICANT, e a apresentação dos trabalhos de pesquisa de PhD students do RG Media e Desporto (CPES).

De seguida, na Sessão II, estará em análise e debate o tema “Europa: Futebol, Media e Globalização“, com a participação e coordenação de Carla Rodrigues Cardoso do CIC-DIGITAL-Polo CICANT, diretora  da Licenciatura em Comunicação e Jornalismo da ECATI-ULHT, e a apresentação das conferências:

“Futebol: globalização do espectáculo e identidades”, por Salomé Marivoet, directora do CPES, do Mestrado em Sociologia do Desporto da FEFD e da Licenciatura em Sociologia da FCSEA da ULHT.

“Football and Europe: beetween communities and nations”, por William Gasparini, investigador visitante do CPES, Professor da Faculté des Sciences du Sport de l’Université de Strasbourg e diretor adjunto da École doctorale “Sciences Humaines et Sociales. Perspectives européennes”, atualmente titular de uma cátedra europeia Jean Monnet.

15h-16h30 | SESSÃO I – Media e Desporto: Abordagens e Metodologias de Investigação

Session Chair

Daniel Cruzeiro
CIC-DIGITAL-Polo CICANT-ULHT

Workshop RG Media & Desporto CPES-ULHT

Célia Gouveia
Análise de redes sociais: o futebol visto através do twitter
Fernando Borges
Por dentro das redações através de etnografias e entrevistas
Luísa Anacleto
A mediatização do desporto paralímpico em Portugal
Noemí Corrêa
Análise de conteúdo em estudos de género em jornais desportivos

16h30-17h | Coffee break

 

17h-18h30 | SESSÃO II – Europa: Futebol, Media e Globalização

Session Chair

Carla Rodrigues Cardoso (Diretora da Licenciatura em Comunicação e Jornalismo da ECATI)
CIC-DIGITAL-Polo CICANT – ULHT

Keynote Speakers
Futebol: globalização do espectáculo e identidades

Salomé Marivoet (Diretora do Mestrado em Sociologia do Desporto da FEFD e Licenciatura em Sociologia da FCSEA)
CPES – ULHT

Football and europe: beetween communities and nations

William Gasparini (Diretor-adjunto da École doctorale “Ciências Humanas e Sociais. Perspectivas Europeias”, titular de uma cátedra europeia Jean Monnet)
Faculté des Science du Sport-Université de Strasbourg

Nota curricular dos conferencistas

Salomé Marivoet, Socióloga, atualmente Professora na FEFD e FCSEA da Universidade Lusófona. diretora dos cursos de 1.º e 2.º Ciclo em Sociologia, um dos quais o Mestrado em Sociologia do Desporto, e do CPES-ULHT. Nas suas publicações destacam-se os livros: Aspectos Sociológicos do Desporto (L. Horizonte, 1998); Hábitos Desportivos da População Portuguesa (MJE, 2001); Euro 2004TM Um evento global em Portugal (L. Horizonte, 2006); O que é  Futebol? (Escolar Editora, 2015); Ética do Desporto Princípios, Práticas e Conflitos. Análise sociológica do caso português durante o Estado Democrático do século XX (Novas Edições Acadêmicas, 2016).

William Gasparini, Sociólogo, Professor na Faculdade de Ciências do Desporto da Universidade de Estrasburgo, é atualmente titular da Cátedra Europeia Jean Monnet. Nas suas publicações destacam-se os livros: Sociologie de l’organisation sportive (La Découverte, 2000); Le sport dans les quartiers (PUF, 2008), Le football des nations (La Sorbonne, 2016), Aux frontières  du football et du politique (Peter Lang, 2016).

Workshop | Abstracts

Análise de Redes Sociais: O futebol visto através do Twitter | Célia Gouveia

O crescimento do desporto como área de interesse académico tem estimulado diversas metodologias de investigação. Uma delas é a Analise de Redes Sociais (ARS), uma metodologia que se constitui como uma ferramenta substancial à compreensão das dinâmicas entre atores sociais. No caso do desporto permite o entendimento de uma audiência moldada pela lógica da produção e circulação de mensagens afetas a uma determinada cultura cada vez mais em rede. Neste sentido, apesentamos um estudo de caso baseado no fluxo de mensagens publicadas na rede social Twitter indexadas com as hashtags #benfica e #sporting em dia de derby.

Por dentro das redações através de etnografias e entrevistas | Fernando Borges

Um dos desafios dos estudos em comunicação é conhecer em profundidade o trabalho dos profissionais dos media. Para superar essa dificuldade, propõe-se um trabalho empírico baseado em métodos etnográficos. Esta metodologia assente na observação e na entrevista favorece uma análise sobre rotinas diárias, a estrutura burocrática, competição interna, ideologias profissionais, relação com as fontes e práticas culturais do mundo do jornalismo, salientando-se o papel da ação individual nos processos sociais. Pretende-se problematizar algumas questões como o posicionamento científico da entrevista, a sua neutralidade e a relação social que se cria entre o entrevistador e o entrevistado.

A Mediatização do Desporto Paralímpico em Portugal | Luisa Anacleto

Os Jogos Paralímpicos são a maior referência no mundo do Desporto Adaptado para atletas com deficiência. A investigação pretende identificar as características e tendências da abordagem mediática ao movimento paralímpico na imprensa escrita em Portugal e seu impacto, quer na carreira e vida dos atletas, quer na imagem que a sociedade tem sobre as pessoas com deficiência. Partindo de uma análise exploratória das notícias por ocasião dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016, alargando o campo de observação das notícias publicitadas para uma análise aprofundada junto da população alvo: os atletas paralímpicos portugueses e os responsáveis editoriais dos jornais desportivos.

Análise de conteúdo em estudos de género em jornais desportivos | Noemí Bueno

Tanto o jornalismo como o desporto são espaços de construção social de género. Deste modo, a participação feminina em competições desportivas e nos media podem transpor ou reforçar estereótipos. O estudo nesta área através da análise de conteúdo permite uma descrição sistemática e quantitativa do material publicado pelos media, como a realizada na presente pesquisa que recorre justamente a este método para analisar a presença de mulheres em notícias publicadas nos jornais desportivos A Bola, Record e O Jogo durante o mês de novembro de 2017, com o objetivo de caraterizar as representações femininas veiculadas nestes jornais.